FOSFERTIL INVESTE EM PROTEÇÃO
AO MEIO AMBIENTE

O Complexo Industrial de Araucária, no Paraná, foi a primeira unidade da Fosfertil a conquistar, em janeiro de 2003, a ISO 14001, certificado internacional conferido às empresas que mostram na prática a eficiência de seu sistema de gestão ambiental. O certificado, conferido após auditoria pela ABS Quality Evaluotions, é válido para os processos de produção de amônia e uréia.

Este é um exemplo claro de como a Fosfertil integra em suas decisões de negócios as questões ambientais e o seu compromisso com o desenvolvimento sustentável. Dentro de um processo de melhoria contínua, a empresa investe continuamente em programas de conscientização e proteção ambiental e na construção e manutenção de instalações seguras e de reduzido impacto ambiental.

No caso específico do complexo da Fosfertil em Araucária, diversas melhorias foram alcançadas com um sistema de gestão ambiental responsável e eficiente. Entre as quais se destacam: a implantação de um horto florestal, a redução do consumo de vapor, a pavimentação de áreas para maior proteção do solo, a instalação de um novo pátio de lavagem de máquinas com separador de água e óleo, além de ações como o reaproveitamento de materiais e o gerenciamento dos resíduos industriais.

Inaugurado em 1982, o complexo da Fosfertil em Araucária foi a primeira unidade industrial no mundo a produzir amônia e uréia a partir do resíduo asfáltico – fornecido pela Refinaria Presidente Getúlio Vargas da Petrobrás, também situada em Araucária. A amônia é utilizada por indústrias de fertilizantes e químicas, enquanto que a uréia é produzida em três diferentes tipos.

Parque Ecológico

Um dos destaques do Complexo Industrial da Fosfertil em Araucária é a beleza de seu Parque Ecológico. Instalado próximo à Estação de Tratamento de Despejos Industriais (ETDI), o Parque tem 74 mil m² de áreas verdes, onde podem ser apreciadas diversas espécies de plantas e animais silvestres. Existem no local cerca de 300 árvores frutíferas, como laranja, tangerina, pitanga, araçá, goiaba, ameixa e outras, o que faz do Parque Ecológico uma das principais atrações para as pessoas que visitam a empresa.

No Parque Ecológico podem ser vistas também as principais árvores típicas do Estado do Paraná: araucária, eucalipto, cedro, ipê, aroeira, erva-mate e muitas outras. Essa biodiversidade é a melhor comprovação da qualidade do ar e da água nas proximidades do nosso complexo.

Horto Florestal

O Horto Florestal do Complexo Industrial de Araucária (CAR), construído há cerca de dois anos com o objetivo de produzir mudas para o reflorestamento do Parque Ecológico e ajardinamento de áreas verdes do complexo, tem contribuído também com a preservação e a recuperação ambiental da região, por meio do fornecimento gratuito de mudas à comunidade.

A produção de mudas é feita com o fertilizante resultante da compostagem dos resíduos do próprio complexo. Como a quantidade produzida tem superado o espaço do Horto, a idéia de fornecê-las a terceiros começou a dar os primeiros resultados, com a doação de aproximadamente 300 mudas de araucária à Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Curitiba.  É o início de um trabalho que tende a se expandir, já que existem mudas de outras espécies de plantas que, muito em breve, estarão prontas para serem doadas.

Conscientização Ecológica

A obediência a normas rígidas de controle ambiental e a manutenção de áreas verdes no ambiente de trabalho contribui para promover uma forte consciência ecológica entre os empregados da Fosfertil.

Nas unidades da empresa em Uberaba (MG), Catalão (GO), Tapira (MG) e Araucária (PR), a água usada nos processos industriais é posteriormente tratada e enviada para lagoas dentro dos próprios complexos, onde são criados peixes e é permitida a pesca monitorada para os colaboradores e comunidades vizinhas.

A lagoa de peixes do complexo de Uberaba ocupa uma área com muitas árvores e um quiosque bem estruturado. A grande atração do local é a enorme quantidade de peixes que lá se reproduzem: pacus, piaus, tambaquis, tilápias e matrinchãs, pesando, em média, de três a quatro quilos cada um.

No Complexo de Araucária, a pesca monitorada é realizada na lagoa do Parque Ecológico instalado próximo às unidades industriais. O parque tem 74 mil m² de áreas verdes, onde podem ser apreciadas diversas espécies de plantas e animais silvestres. Existem no local cerca de 300 árvores, que fornecem frutas como laranja, tangerina, pitanga, araçá, goiaba, ameixa e outras. No local podem ser vistas também as principais árvores típicas do Estado do Paraná: araucária, eucalipto, cedro, ipê, aroeira, erva-mate e muitas outras.